Foco no poder de lucro da empresa

Se você é um investidor de crescimento de dividendos, já sabe que crescer os dividendos de forma constante é só metade da história. Todas as empresas que cresceram os dividendos de forma consistente, por mais de uma década, tiveram um padrão de crescimento no lucro durante esse mesmo período de tempo.

Como um investidor de Dividendos, meu objetivo é encontrar ações atrativas que crescem consistentemente os dividendos. Eu faço isso e compartilho com meus assinantes no Ex-Dividend, saiba mais aqui. Eu pesquiso diversas empresas de forma exaustiva na lista de empresas que cresceram dividendos. São mais de 880 empresas que aplico meus critérios de seleção e vou olhando como uma lupa para cada case de negócio. Eu não me preocupo muito com os recordes de dividendos que uma empresa alcançou. Isso é um ponto positivo? Sem dúvida. Mas não é algo decisivo nos meus estudos.

Uma empresa de dividendos passa por 3 estágios durante a sua vida, vou até fazer um artigo comentando sobre isso no futuro. Eu geralmente gosto mais da empresas que estão na segunda fase, embora as vezes tenho uma quedinha para algumas que se encontram na primeira fase.

No entanto, eu tento selecionar não só empresas que tenham um registro de aumento de dividendos, mas aquelas que têm chances decentes de continuar a crescer seus dividendos pelos próximos 20 ou 30 anos. Nem toda empresa vai conseguir isso, mas para aquelas que conseguem, elas irão gerar a maior parte do crescimento de dividendos do portfólio, falei sobre os vencedores aqui nesse artigo: Porque a maioria dos investidores falham na bolsa.

A fonte oculta do crescimento de dividendos é o crescimento dos lucros. Se você é assinante do XD+ sabe que lá tem empresas que podem aumentar os lucros por ação por um longo período de tempo. Crescer os lucros por ação são o combustível atras do crescimento de dividendos.

Por exemplo, a Visa Inc, aumentou os dividendos a 10 anos consecutivos, a empresa saiu de um lucro por ação de $0,24 para $4,09 nesse último ano de 2018, enquanto que os dividendos foram mais que dobrados saindo de $0,03 para $0,78. O resto dessa diferença foi investido no próprio negócio para assim gerar mais lucros e depois poder aumentar ainda mais os dividendos.

Uma empresa que é incapaz de crescer os lucros ao longo do tempo não poderá se dar o luxo de crescer os dividendos por tanto tempo. Por exemplo Diebold (DBD) tinha conseguido aumentar os dividendos por 60 anos consecutivos até que veio a cortar em 2013. Infelizmente, a empresa foi incapaz de crescer os lucros, e a relação de pagamento dividendos atingiu os limites que uma distribuição poderia se tornar sustentável.

Como resultado a empresa manteve a distribuição em 2014 e 2015, se o investidor segue o “Jeito Viver de Dividendos de investir” ele já teria pulado fora do barco em 2014. Aí você começa a olhar para a Diebold nos dias atuais e vê que os dividendos foram cortados de 0,96 no primeiro corte em 2016, depois cortou para 0,40 em 2017 e agora está em 0,30. E o lucro? Despencou de um lucro de $1,76 para um prejuízo de $-4,66!!!

Ok Viver de Dividendos, já entendi que o lucro é importante para o crescimento dos dividendos, mas me explica como saber que uma empresa vai conseguir crescer os lucros?

Aí que está o pulo do gato, se liga que vou te explicar como matar a charada!

Vamos pegar o caso de Procter & Gamble, a empresa possui fortes marcas e relativamente tem produtos baratos que os consumidores compram com muita frequência. A maioria dos consumidores vai ficar com uma marca cuja a qualidade eles confiam e nem irão se importar com um ligeiro aumento nos preços ao longo do tempo. Se você gosta das fraldas Pampers e confia na qualidade da marca, não vai se importar em procurar um substituto para economizar 50 centavos. Com esse poder de precificação, P&G consegue repassar os custos facilmente para os consumidores. Isso resulta em lucros crescentes ao longo do tempo.

A analise qualitativa do negócio é mais importante que analisar os números. É aqui que a maioria da galera vacila. Quem acompanha as Revista do Viver de Dividendos no XD+ sabe que cada edição ao analisarmos um ativo nosso foco maior é na análise qualitativa do mesmo. Se uma empresa tem marcas fortes e fosso largo, poderá aumentar os preços e isso não afetará os lucros gerados a partir de seus fiéis clientes.

Pega por exemplo empresas de tabaco que tem vendido vício. Empresas como essas conseguem aumentar o preço de seus produtos por anos a fio. Apesar da diminuição no número de usuários ao longo dos anos, os aumentos de preços e o corte de gastos com aumento de eficiência levantou o lucro dessas empresas por décadas.

O que você deve evitar nas suas escolhas é empresas que oferecem produtos tipo commodities, empresas que podem perder liderança devido a mudanças tecnológicas bruscas, bem como as empresas cíclicas por natureza como as de commodities.

Uma empresa de commodities deixa o mercado dizer o quanto vale seus produtos, não detém o controle do mercado consumidor e portanto não tem o poder de fixação de preços como uma Coca Cola KO ou uma Colgate Palmolive CL.

É muito comum ver investidores se enganarem com essas empresas de commodities, pois os preços flutuam de acordo com as condições econômicas. Podemos ver isso mais claramente em empresas de minério, mas especialmente em siderúrgicas.

Evite também empresas que tiveram um boom temporário nos lucros, quando você analisa, não consegue ver nada mais que sorte de estar no momento certo e no lugar certo. Pegamos aí o exemplo das petroleiras que tiveram bons resultados quando o petróleo esteve em picos passados de cotação, ou mesmo empresas de ouro mais atrás que tiveram crescimento de lucros consistente por uma década para depois a commodities se reajustar novamente.

Por fim, mas não menos importante, evite empresas cujos produtos ou serviços podem ser considerados obsoletos por mudanças tecnológicas (alô galera da UGPA kkkk), pois não serão capazes de manter o fluxo de caixa crescente para continuar os crescimentos dos dividendos. Empresas de TI são exemplo clássico disto, essas empresas raramente conseguem ter vantagens competitivas que permitam crescerem os dividendos por 15 ou 20 anos seguidos.

Olhando hoje você realmente acredita que uma INTEL continuará a fornecer tecnologia em 2030, ou seus produtos estarão obsoletos ? Alias, ela já está se tornando carta fora do baralho, olhe aqui. No entanto, muito provavelmente em 2030 teremos os consumidores ainda comendo Lay’s da Pepsico (PEP).

Em resumo, uma empresa que gerência o crescimento dos lucros ao longo do tempo, será capaz de pagar aos acionistas como recompensa um fluxo crescente de dividendos. Os investidores devem analisar cada empresa detalhamento e determinar se ela tem as características qualitativas que lhe permita crescer os lucros. Se essas características são atendidas então o trabalho do investidor é ensacar na carteira esses ativos montando um portfólio bem diversificado. Quem é assinante do XD já tem isso bem mastigado, só falta engolir, feito uma boa Lay’s :)

 

24 thoughts on “Foco no poder de lucro da empresa

  • 22 September 2018 at 12:01
    Permalink

    Fala VdD,

    Parabéns pelo seu trabalho.

    Poderia indicar alguma fonte de dados fundamentalistas de empresas americanas?

    Vlw

    Reply
    • 22 September 2018 at 12:10
      Permalink

      Fala VdD,

      Parabéns pelo seu trabalho.

      Poderia indicar alguma fonte de dados fundamentalistas de empresas americanas?

      Vlw

      Vi a sugestao do MS….rsrsrs…

      Reply
      • 22 September 2018 at 17:12
        Permalink

        pra parte quantitativa sim, mas lembre-se que eu disse no artigo, isso não é a principal parte numa analise de longo prazo.

        Reply
  • 22 September 2018 at 07:16
    Permalink

    Dos melhores textos que vc já conseguiu produziu Vdd. Parabéns.

    Reply
    • 22 September 2018 at 17:11
      Permalink

      obrigado Rogerio

      Reply
  • 21 September 2018 at 17:20
    Permalink

    Olá Vdd.

    Eu assinei o Ex-Dividends +.
    Como eu faço para fazer perguntas específicas para você sobre o material das revistas?
    Eu estou assistindo o resultado comentado do 2 trimestre de 2018 das top picks.

    Reply
    • 21 September 2018 at 20:45
      Permalink

      ola S

      manda no meu whats eu sempre respondo lá por audio que fica melhor de te explicar a duvida, confere aqui como me add. só comenta comigo lá q é assinante do XD q dai vou lembrar quem eh

      Reply
  • 21 September 2018 at 16:50
    Permalink

    Fala vdd,

    Ótimo post cara.
    “A análise qualitativa do negócio é mais importante que analisar os números. ” Concordo plenamente e se a ideia for pegar empresas no longo prazo, ai que essa análise ganha um peso maior.

    Parabéns cara.

    Reply
    • 21 September 2018 at 20:44
      Permalink

      ola TC

      vc tem a causa e o efeito, qual vc acha melhor olhar a ponta final ou o Start da coisa, pq os números sao o efeito de um bom case de negocio, se vc olhar o case pode antecipar os bons e maus números :)

      Reply
  • 21 September 2018 at 16:33
    Permalink

    Olá VdD.
    Parabéns, ótimo post!

    Strogonoff com batata lays à parte…
    Gosto muito dessa ferramenta que você usa para analisar os números. Poderia nos falar sobre qual produto MorningStar você assina para ter acesso a essa gama de dados. E se possível, o custo anual dessa assinatura.
    Grato!

    Reply
    • 21 September 2018 at 20:41
      Permalink

      ola B

      essa combinação de prato é matadora kkkk
      eu não assino MS, só uso a parte free dele e atende muito bem!

      Reply
  • 21 September 2018 at 14:15
    Permalink

    Ótimo post! De facto é muito importante que a empresa tenha vantagens competitivas, que essas vantagens se mantenham assim no futuro.

    Quando se pensa em Buy and Hold tem se de olhar os dois: Analise Quantitativa e Analise Qualitativa.

    Abraço e bons investimentos.

    Reply
    • 21 September 2018 at 20:40
      Permalink

      ola DIL

      exato, o problema que o pessoal tem uma obsessão por qtitativa eles acham que os números resumem tudo, e na vida real não é bem assim

      Reply
  • 21 September 2018 at 14:15
    Permalink

    Muito bom! LONG PEP and PG.
    No contexto de tech, vc acha que MSFT se parece com INTC dado essa vibe das pessoas denegrirem tudo o que vem deles e adorarem AAPL (que não é meu caso)?

    Reply
    • 21 September 2018 at 20:39
      Permalink

      ola AA40

      sao cases completamente diferentes, não colocaria as duas no mesmo cesto

      Reply
  • 21 September 2018 at 12:04
    Permalink

    Mais um ótimo artigo VD, mas lendo, bateu-me um medinho e preocupação (pois tenho parte de carteira em dividendo) sobre os ativos que geram dividendos e a força de seus produtos ao longo do tempo.

    Reply
    • 21 September 2018 at 20:37
      Permalink

      fala Fshor

      entender o case de negócio da empresa é a parte mais complexa da coisa, por isso eu fiz o xd pra ajudar o pessoal nisso :)

      procure diversificar o máximo pra minimizar os riscos, é oq vc deve fazer

      Reply
  • 21 September 2018 at 10:26
    Permalink

    Fala, VdD!

    Sensacional esse post, cara!

    É um desafio não se deixar seduzir por lucros estratosféricos ou mesmo um grande payout.
    Como diria minha avó, “prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém”.

    Reply
    • 21 September 2018 at 20:35
      Permalink

      fala R12

      quando a esmola é d+ até o santo desconfia kkkkk

      Reply
  • 20 September 2018 at 22:09
    Permalink

    Mais um texto excelente, esse tem q fazer parte do rol de leitura obrigatória para quem quer comecar na bolsa.

    Reply
  • 20 September 2018 at 21:28
    Permalink

    Excelente post, só faltou dar na boca rs.

    Reply
    • 20 September 2018 at 22:05
      Permalink

      falar em comida kkkkkk

      deu até vontade de comer um strogonoff com batata lays depois que escrevi. sorte minha que a sra vdd tem um strogonoff arrasador e matou a minha vontade

      Reply
      • 21 September 2018 at 07:34
        Permalink

        Só porque você comentou (e despertou a vontade) vou preparar também kkkkk

        Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *